PARTICIPAR DESSE SITE

sábado, 19 de agosto de 2017

SAMBA LELÊ... Verdadeira história!


Samba Lelê é uma menina
Muito medonha a danada
Ela adora dançar...
E  às vezes faz coisas errada!

Sai sempre de casa
Sem permissão a danada
Sua mamãe fica brava...
Por ela não escutar sua fala!

Reclama reclama com ela
Mas teima sempre a danada
Nunca escuta o que diz...
A sua mamãe adorada!

Com sua saia rodada
Cedinho ela sai pra dançar
Dança e briga com todos...
Até também apanhar!

Certo dia apanhou
Mas tanto tanto a coitada
Que só veio pra casa...
Com sua cabeça quebrada!

Sua mamãe só chorava
Ao vê assim a coitada
Mostrou pra ela o porquê...
De estar assim maltratada!

Ela ouviu com carinho
Tudo que a mamãe lhe falou
Pediu desculpas pra ela...
E chorando lhe abraçou!

Samba samba ô Lelê
Samba samba ô Lalá...



Profª Fatuca - 2016






domingo, 13 de agosto de 2017

TRADUZINDO O SER PAI...


Ser pai...
É ser um ser especial
Um amigo acima de tudo
Que lhe protege de todo  mal!

Ser pai...
É ser exemplo no dia a dia
Um referencial em sua vida
Que lhe ama e traz alegria!

Ser pai...
É querer estar pertinho de você
Independente de qualquer situação
Quer acompanhar o seu crescer!

Ser pai...
É ser companheiro pra toda vida
Aquele com quem você pode contar
Acima de tudo, uma pessoa querida!

Ser pai...
É se tornar "herói" também
Um exemplo aqui na terra
No seu caminhar, meu bem!




Profª Fatuca - 2017 
Dedicando hoje o meu poema ao meu "herói"
Paulo Ricardo do Nascimento, meu papai!

domingo, 6 de agosto de 2017

O JURUPARI... Lenda brasileira!


Quem já não teve um dia
Sonhos pavorosos ao dormir
Os temidos pesadelos
Que deles gostaríamos de fugir?

Pois os indígenas acreditam
Ser Jurupari em ação
Assustando aos humanos
Com suas maléficas visões!

É ele um ser estranho
Do humano perseguidor
Deu poder ao homem na terra
E no sono lhe causa pavor!

Muitos o confundem
Com o espírito Anhagá
Protetor dos animais terrestres
Que nas florestas vive a habitar!

Dizem ser ele o mensageiro do Sol
Foi encarregado de na terra encontrar
Uma mulher mais que perfeita
Pra com o Astro-Rei se casar!

Mas até agora nenhuma na terra
Por Jurupari foi eleita
Pra ser a esposa  do Astro- Rei
Essa mulher tão perfeita!

É ele fruto da desobediência
E pra ação indígena um legislador
Muitos costumes e leis nas tribos
Foi Jurupari o criador!





Profª Fatuca - 2016
E Viva o Folclore Brasileiro!

terça-feira, 1 de agosto de 2017

POR QUE ESTUDAR?...


O estudo é importante
Para o nosso crescimento
Essencial em nossa vida
Revigora  o pensamento!

Todo aquele que estuda
Conhece o bom saber
Cresce com sabedoria
E na vida faz crescer!

Quem não estuda hoje
É como uma estrela apagada
Sem brilho pra ilustrar
Toda sua caminhada!

Ter uma boa educação
É o que sonhamos um dia
Conquistar a independência
E vivê-la com alegria!

O estudo é importante
Todos têm que estudar
Ter objetivos traçados
Pra seus sonhos realizar!




Profª Fatuca - 2016


domingo, 23 de julho de 2017

A NATUREZA PEDE SORRO...

É da mãe natureza
Que retiramos o sustento
Vamos cuidar dessa riqueza
ela anda meio doente!

A mata diz pro homem
Que a muito está sofrendo
Todo dia há desmatamento
O verde já está morrendo!

A água diz pro homem
Que poluída ela está
As nascentes estão secando
Reservatórios prestes a acabar!

O ar diz pro homem
Que está quase parando
Se continuarem puluindo
Também poderá estar se acabando!

Tudo de bom que há na vida
É a mãe natureza que nos dá
Se não cuidarmos de nossa casa
Onde é que vamos morar?




Profª Fatuca - 2017 

sábado, 8 de julho de 2017

GIOVANA! GIOVANA!


Menina sapeca
inteligente também
Criança adora
Anjinho do bem!

Vovó te deseja
Saúde felicidades
E que sejas criança
Por toda idade!

Crianças são puras
Presentes divinos
Nos nossos caminhos
São sempre bem-vindos!




Profª Fatuca - 2016

Feliz niver querida! 18/ 07

sexta-feira, 30 de junho de 2017

SAUDADES, quem não sente?


Saudades
Eu sinto!
De tudo que foi bom,
Não minto!

Saudades...
Do tempo de "criança"
Onde sonhos, brincadeiras,
Reabastecia-me... De esperança!

Saudades...
Da fase complicada da vida
Minha "adolescência" querida
Onde a tristeza... Às vezes era banida!

Saudades...
De "momentos de glória"
Onde com amigos inesquecíveis
Festejávamos... A vitória!

Saudades...
De tudo que me causou "alegria"
Pessoas, lugares, momentos, dias,
Hoje eternizados em poesias!




Profª Fatuca - 2017