PARTICIPAR DESSE SITE

domingo, 9 de junho de 2019

A LENDA DA TAPUIA... Série lendas do meu lugar!


Lá pras bandas do Cabugi
No período bem chuvoso
Corre águas de um riacho
Um riacho bem famoso!

É o riacho da Tapuia
Seu nome é homenagem
A uma famosa índia
Que habitava aquelas margens!

Era ela muito linda
De um corpo escultural
Mas os colonos da época
Só pensava em fazer-lhe o mal!

Dos perseguidores ela fugia
A inocente e pura indiozinha
Mesmo se sentindo desamparada
Ela nunca cedeu nadinha!

Preferiu embrenhasse na mata
E numa urna de pedra se encerrar
Passando por grandes aflições
E morreu sufocada por lá!

Dizem ser hoje assombração
Em forma de um fogo azulado
Percorrendo partes do Cabugi
Deixando os sertanejos assustados!



Profª Fatuca - 2017

sábado, 1 de junho de 2019

A LENDA DA MÃE DONÇA... Série lendas do meu lugar!


Morava lá na Favela
Mãe Donça uma velhinha
Que numa noite chuvosa
Saiu pra rua sozinha!

Precisava ela de gás
Pra na lamparina usar
E durante aquela noite
Poder se aquecer, se iluminar!

Ao atravessar a Gangorra
Riacho que corta a cidade
Viu-se rodeada por águas
E perigos por todos os lados!

Com a correnteza forte
Perdeu o equilíbrio a velhinha
Caiu e bateu com a cabeça
Numa pedra a coitadinha!

Ficando encalhada na loca
Várias horas por lá presa
Depois seu corpo sumiu
Levado pela correnteza!

Dizem muitos por aí
Ouvir gemidos profundos
Quando a lua aponte no céu
Aterrorizando todo mundo!



Profª Fatuca Silva - 2017
Imagens do artista plástico Carlos Costa!

domingo, 26 de maio de 2019

A LENDA DA DAMAZINHA... Uma lenda angicana!

Damazinha era uma mulher
De uma alma privilegiada
Boa filha, boa mãe...
Uma esposa dedicada!

Muito paciente era ela
Sofreu com resignação
Todas as torturas possíveis
E pro marido nunca disse "não"!

Seu marido que hora antes
Era um cidadão do bem
Transformou-se num tirano
E num homem mau também!

Foi numa noite festiva
Novenário do padroeiro
Que todos costumavam ir ao templo
Costume até hoje corriqueiro!

Que Francisco Lopes a convida
Pras suas preces religiosas realizar
Mas por trás de suas intenções
O bárbaro queria mesmo era lhe matar!

Foi na volta pra sua casa
Que a tragédia aconteceu
Ferida por um punhal várias vezes
Esse fato aconteceu!

Ainda achando pouco
Ao chegar ao singelo lar
Mandou que ela deitasse
E ali a acabou de matar!

Degolou sua cabeça
Sem dó nem compaixão
Deixando a vila em pânico
Com a monstruosa situação!

Diz a famosa lenda
Que quando o corpo chegou na Favela
Os sinos sozinhos na igreja tocaram
De uma maneira muito bela!



Profª Fatuca Silva - 2017
Fatos pesquisados no livro Angicos!


domingo, 19 de maio de 2019

NATAL É...


Família reunida
No coração mais amor
Onde todos felizes festejam
Do nascimento o Salvador...

Festa com amigo secreto
Os doces também caem bem
Em mentes todos se recordam
De uma cena lá em Belém...

No café tem panetone
Nas lojas Papai noel
É uma divina época
Época de sabor de mel...

Cidades ornamentadas
Nos lares presépios arrumados
Corações parecem renovados
Onde todos se sentem amados!



Profª Fatuca Silva - 2017

domingo, 12 de maio de 2019

QUANDO EU PARTIR... Ao meus filhos queridos!


Quando um dia 
Eu for embora
Deixe a janela aberta
Seja qual for a hora...

Seja noite ou seja dia
Virei te visitar sempre
Na tristeza ou na alegria
Seja qual for o momento...

De dia serei perfume
Virei em forma de flor
Perfumarei o teu instante
Deixarei cheio de cor...

A noite serei lua
Ou quem sabe uma estrela
Carinhosamente te acariciarei
Numa brisa com leveza..

E em forma de arco-íris
Quando estiveres em solidão
Despertando dentro de ti
Todas as boas emoções!



Profª Fatuca Silva - 2018

.

domingo, 5 de maio de 2019

VIVA AS DIFERENÇAS!!!


Se tudo fosse igual
Beleza não existiria!
Tudo seria sem graça
Um mundo sem alegria!

As Marias todas iguais
Os Josés seriam também!
A natureza de uma só cor
Que encanto isso tem?

Como iríamos saber
Quem é Joaquim ou João?
Que coisa sem graça seria
Onde ficava a atração?

Brinquedos seriam um só
Só uma comida havia...
Animais de uma só espécie
Diferentes não existia!

Todos da mesma cor
Todos do mesmo tamanho!
Olhos e cabelos iguais
Veja que coisa estranha!

Gosto mesmo das diferenças
Vê cada coisa de um jeito!
Quando Deus criou o mundo
Fez mesmo foi tudo perfeito!

O legal é sermos assim
Cada um bem diferente!
Só o que deve ser igual
É o Amor dentro da gente!



Profª Fatuca Silva - 2019
Trabalhando as diferenças!



quarta-feira, 1 de maio de 2019

MENINICE... Sempre me acontece!


Belos campos
E campinas
Relva verde
A ilustrar...

Rosas brancas
Amarelas
E vermelhas
Tinha lá...

Borboletas
Voavam leves
As flores
A cortejar...

Um sol 
Todo garboso
Lá no alto
A brilhar...

E em
Minha meninice
Estava eu
A poemar!



Profª Fatuca Silva - 2018