PARTICIPAR DESSE SITE

sábado, 12 de janeiro de 2013

MEU SERTÃO... É assim que sonho um dia!

Construí em minha poesia
Um sertão bem diferente
Diferente daquele que o "Luizão"
Cantou um dia pra gente!

Lá não há seca, não há fome
No sertão de minha poesia
Lá os campos são floridos
Lá não falta a alegria!

Da terra todos cuidando
Como "jesus" ensinou um dia
Usando seus recursos naturais
Com amor e sabedoria!

Lá o verde está presente
Se espalhando pela plantação
Lá fartura é em abundância
Lá solidariedade não falta não!

Açudes a transbordar
Águas nos rios a cantarolá
Fauna e flora preservada
Beleza há por todo lugar!

Esse é o meu sertão
Que idealizei numa poesia
jamais perco a esperança
De vê-lo assim... um dia!



Profª Fatuca, 2012.

2 comentários:

  1. Essa é a grandiosidade da magia da poesia! Feliz quem cria com as palavras e sonha... Belo poemar, Fatuca!
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  2. Belíssima poesia!
    Parabéns por tamanha inspiração sempre!

    ResponderExcluir