PARTICIPAR DESSE SITE

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

CENA SINGELA ... Adoro curtir esses momentos!

Uma linda Borboleta
Carregada de leveza
Reverenciava as flores
Como ordena a natureza...

Parecia mais uma flor
Entre tantas do jardim
A mistura do colorido
Inabriava minh'alma sim!

Meu olhar vagava perplexo
Diante daquela cena singela
Dizia comigo mesma:
-Como a natureza é bela!

Profª Fatuca, 2012.

2 comentários:

  1. Olá, mestra Fatuca! Feliz aquele que tem olhar puro e contemplativo da natureza! Belo poema!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Inspiração total! Amei! Bjs!

    ResponderExcluir