PARTICIPAR DESSE SITE

sábado, 3 de agosto de 2013

FAZENDO UM POEMA... Feito nave ela transporta tudo que tenho a dizer!

Na construção do poema
A caneta é quem me leva
O pensamento navega
Tudo flui de forma leve!

Parece até uma chave
Que abre a porta da mente
Sua tinta me liberta
Ouve o que o coração sente!

Feito nave ela transporta
Tudo que tenho a dizer
Voa que nem borboleta
Na mão ela dá prazer!

Às vezes até parece
Uma varinha de condão
Vira algo encantado
Não é mais caneta não!


Profª Fatuca, 2013.
Parafraseando com Gabriel Pensador e Léo Cunha!


3 comentários:

  1. Boa tarde

    Simplesmente...BRILHANTE

    Tenha um Sábado feliz
    *************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde

    Desejo de coração um Domingo cheio de Saúde, Paz, Amor e felicidade
    Abraço
    ******************
    Querendo...visitem-me

    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Bom dia menina !!!!

    Muito me felicita em saber que existe blogues na internet repleto de paz, magia,lirismo, inocência e outros adjetivos que fugiram da mente. Parabéns pela poesia, com palavras tão bonitas e de sua uma forma singular de fazer belas obras.

    Parece até uma chave
    Que abre a porta da mente
    Sua tinta me liberta
    Ouve o que o coração sente!

    Fico observando a beleza desse verso, pois nele, você diz em forma resumida, o processo de criação de um poema, simples assim.Parabéns é pouco. Mas ... parabéns ! rs

    Grande abraço do amigo e fiel seguidor,
    Dan,

    Ah, se puder visite meu canto de poesias, bem tímido perto do seu.

    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir