PARTICIPAR DESSE SITE

sábado, 8 de julho de 2017

GIOVANA! GIOVANA!


Menina sapeca
inteligente também
Criança adora
Anjinho do bem!

Vovó te deseja
Saúde felicidades
E que sejas criança
Por toda idade!

Crianças são puras
Presentes divinos
Nos nossos caminhos
São sempre bem-vindos!




Profª Fatuca - 2016

Feliz niver querida! 18/ 07

4 comentários:

  1. Fá; eis aí uma verdade-verdadeira. Em todo o tempo, novas manhãs hão de virem pra nos envelhecer e ostentar que amadurecer nunca é fácil, todavia, até hoje todos os dias o meu lado criança aflora, pois aprendi em nossa São Romão que o segredo da vida é nunca, jamais (não mesmo) deixar a infância morrer antes da gente.

    E olha que já se vai meio século e ainda – pra variar – Seu Paulo Ricardo e Dona Maria Elza sempre repetem a frase quando os revejo: “Ô menino, PêramordiDeus: afinal, quando é que tu vai crescer?!”

    ResponderExcluir
  2. Linda foto ao carrossel!
    Lindo poema também.
    Bela criança que tem
    Toda a graça no papel...

    Cabelos de Rapunzel,
    Sorriso que vai além
    Do gracioso, e amém
    Dito em seus lábios de mel.

    Parabéns pela postagem!
    É-me a primeira passagem
    Pelo blog e eu voltarei

    Para enxergar nova imagem,
    Novo poema, em viagem
    De volta - "isto é de lei!""

    Grande abraço. Laerte.

    ResponderExcluir
  3. Fá; eis aí uma verdade-verdadeira. Em todo o tempo, novas manhãs hão de virem pra nos envelhecer e ostentar que amadurecer nunca é fácil, todavia, até hoje todos os dias o meu lado criança aflora, pois aprendi em nossa São Romão que o segredo da vida é nunca, jamais (não mesmo) deixar a infância morrer antes da gente.

    E olha que já se vai meio século e ainda – pra variar – Seu Paulo Ricardo e Dona Maria Elza sempre repetem a frase quando os revejo: “Ô menino, PêramordiDeus: afinal, quando é que tu vai crescer?!”

    ResponderExcluir