PARTICIPAR DESSE SITE

sexta-feira, 30 de junho de 2017

SAUDADES, quem não sente?


Saudades
Eu sinto!
De tudo que foi bom,
Não minto!

Saudades...
Do tempo de "criança"
Onde sonhos, brincadeiras,
Reabastecia-me... De esperança!

Saudades...
Da fase complicada da vida
Minha "adolescência" querida
Onde a tristeza... Às vezes era banida!

Saudades...
De "momentos de glória"
Onde com amigos inesquecíveis
Festejávamos... A vitória!

Saudades...
De tudo que me causou "alegria"
Pessoas, lugares, momentos, dias,
Hoje eternizados em poesias!




Profª Fatuca - 2017

2 comentários:

  1. Profª e Poetisa Fá; ninguém melhor do que ti por formação e lirismo para ser companheira emotiva deste substantivo, que de tão abstrato só existe na nossa gramática e que faz a gente e/ou coisas pararem no tempo a nos absorver na constância dos desejos, necessidades e vontades.

    Estimada conterrânea; confidencio-lhe... sou seu cúmplice de sentimentos.

    Abraços fraternais, beijos e saudações SANROMANAS!!!

    ResponderExcluir
  2. Profª e Poetisa Fá; ninguém melhor do que ti por formação e lirismo para ser companheira emotiva deste substantivo, que de tão abstrato só existe na nossa gramática e que faz a gente e/ou coisas pararem no tempo a nos absorver na constância dos desejos, necessidades e vontades.

    Estimada conterrânea; confidencio-lhe... sou seu cúmplice de sentimentos. Abraços fraternais, beijos e saudações SANROMANAS!!!

    ResponderExcluir