PARTICIPAR DESSE SITE

quinta-feira, 7 de julho de 2011

FAZ PARTE DO DIA-A-DIA... Quem não já se sentiu assim algumas vezes?

Em instantes preciosos
Sinto-me como uma flor
Regada com muito carinho
Cultivada com bastante amor...

Em outros momentos...
Tudo...Tudo é diferente
Chega um vento desvairado
Com força de um tornado...
 
Sem dó, nem piedade
Balança-me pra todo lado
Querendo-me arrancar...

Sinto-me desprotegida
Sozinha desfalecida
Sem força para lutar!

Profª Fatuca, 2007.

Um comentário:

  1. Este poema me lembrou um pedaço de canção que é lindo é acho divino, do nosso grande Chico Buarque, a música é Roda-Viva, e o trecho é este: Faz tempo q a gente cultiva, a mais linda roseira q há, mais eis q chega a roda-viva e carrega a roseira pra lá....

    ResponderExcluir