PARTICIPAR DESSE SITE

quarta-feira, 6 de julho de 2011

SAUDADES... Esse poema eu dedico à vc Bell Palhares!

Ela chega de mansinho
Aos pouco vai se alojando
Bem dentro do coração!

Por alguns instantes
Faz você ficar triste
Fazendo doer no coração!

Cenas imprescendíveis
Surgem, surgem...
Surgem com perfeição!

Em segundos você vive
Momentos inesquecíveis
Momentos de pura emoção!

Como num passo de mágica
Tudo, tudo se transforma
A realidade chega de supetão!

E você entristece, percebe
Que estava vivendo apenas
Um momento de solidão!

Profª Fatuca, 2011.

Um comentário:

  1. Obg amiga Fatuca! Este poema é lindo e resume tudo aquilo q sinto de saudades em relação ao meu pai... É assim desse jeitinho mesmo,em segundos vivo momentos inesquecíveis de pura emoção.... Mas como num passe de mágica tudo se transforma, a realidade me chega de supetão! É tão triste minha amiga perder quem a gente ama pra sempre! Ai q saudades do meu paizinho....
    Um bjo e mais uma vez muito obg!

    ResponderExcluir